Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entrelinhas

"Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade"

Entrelinhas

27
Mai16

Apelo aos homens

Jessy

Uma pessoa quando trabalha em atendimento ao publico leva com cada personagem vai lá vai! Neste caso falo para os homens deste mundo:

PENSEM ANTES DE ABRIR O RAIO DA BOCA!

Obrigada!

Então mais uma noite a trabalhar, entra um senhor pela loja a dentro na sua calma. A minha colega vai atender:

 

Empregada: Boa noite, se precisar de alguma ajuda disponha...

Cliente: Sim claro, procuro umas calças X com Z que parece Y, está a ver aquelas XPTO? É desse género...

Empregada: Estou a ver...Temos estas assim que acha?

Cliente: Que calças tão lindas como você!

Empregada: Hmm desculpe mas eu não sou assim muito azul....

 

Isto tudo com uma naturalidade espectacular!!

 

 

 

20
Mai16

Desculpem!!!!

Jessy

Quero pedir imensa desculpa!!! Esta semana tem sido de loucos, tenho estado enterrada em trabalho até à ponta dos cabelos e são compridos...Para acabar bem a semana e ir lindamente para fim de semana o raio do carro hoje de manhã não pegou!!

Querida bruxa que me andas a enguiçar podes me dar um bocadinho de espaço? Obrigada!!! 

 

13
Mai16

Frigorifico solidário

Jessy

Li isto e achei uma ideia espectacular! Um frigorífico solidário vai estar disponível no bairro Alvito-Velho, Lisboa. Pessoas carenciadas podem ir buscar alimentos doados por quem tem a mais. Este frigorifico vai conter frescos, refeições preparadas ou congeladas.

Os alimentos serão cedidos por empresas, mercearias locais e particulares que tenham produções e produtos da época a mais. As refeições feitas serão concedidas diariamente pela Refood (associação que distribui sobras de estabelecimentos de restauração noutros bairros de Lisboa). 

O equipamento estará protegido e conta com a presença de voluntários do bairro para a tomar conta dele e fazer a reposição dos alimentos. Vai estar situado no edifício da Fábrica, sede da Cooperativa 2.ª Comuna, na rua da Cascalheira, no bairro do Alvito-Velho. O seu horário será entre as 14h30 e as 19h00.

De acordo com o projecto Fábrica Alcântara-Mar é do primeiro frigorífico comunitário em Portugal.  Alvito-Velho, em Alcântara, é um bairro com moradores definidos por dificuldades económicas, idosos, emigrantes desempregados de longo espaço de tempo e famílias desestruturadas, sendo assim um bairro prioritário.

 

O frigorífico foi pintado em acrílico pelo artista plástico Luís Levy Lima, que chamou à obra "Música na Fábrica". Que venham mais frigoríficos solidários por este Portugal a fora!

13
Mai16

Sexta-feira 13 e suas superstições

Jessy

Já que estamos numa sexta-feira 13 resolvi saber um pouco mais sobre esse dia tão mau para muitas pessoas,espero que não me traga é azar a mim. Sabiam que cada mês que inicia a um domingo tem uma sexta-feira 13? Eu não, nunca há mais de três dias como este por ano, ainda bem para algumas pessoas. 

Agarrado à sexta-feira treze vem as superstições, admito que acredito em algumas, já outras por favor!!! Ficam aqui algumas delas, umas mais a ver com o dia outras nem tanto:

  • Partir um espelho é sinónimo de 7 anos de azar.
  • Abrir o chapéu de chuva em casa atrai problemas.
  • Varrer os pés de uma pessoa faz com ela nunca se case.
  • Varrer a casa à noite expulsa a tranquilidade
  • Para que uma visita chata se vá embora colocar uma vassoura ao contrário atrás da porta.
  • Ver um gato preto neste dia dá azar.
  • Devemos entrar sempre com o pé direito para dar sorte.
  • Passar por baixo de uma escada dá azar.
  • Ter a orelha quente significa que alguém está a falar de nós.
  • Bater 3x na madeira afasta os maus espíritos.
  • Cruzar facas dá azar.
  • Nunca devem estar 13 pessoas à mesa.
  • Colocar a mala no chão significa perder dinheiro.
  • Se tivermos um gato e mudarmos de casa, passar manteiga nas patas para que ele não volte para a casa antiga.
  • Se vestirmos roupa do avesso sem querer trás boas noticias.

Acreditam nisto? Têm alguma em especial? 

 

28
Abr16

Só a mim...

Jessy

Expliquem -me lá uma coisa, desde quando há idade para casar? Ontem estava eu descansada a fazer o meu trabalho quando um rapazito da loja (que por acaso não parava de olhar) se chega ao pé de mim e pergunta o meu nome e qual é o meu trabalho exactamente...até aí tudo bem são perguntas que já estou habituada.

Qual é o meu espanto quando ele vai directamente ao assunto:

R (Rapaz): Tens namorado?

Eu: Tenho...na realidade tenho noivo mesmo!

R: Noivo??! Tão nova??

Conclusão, sim estou noiva aos 22 anos e depois? Não percebo..tem se idade para casar? Só a mim...

27
Abr16

Temíveis Sogras

Jessy

O problema de muitos casais...SOGRAS! 

Desde sempre se ouve falar das temíveis sogras...Nunca liguei muito. Até porque dos dois namorados que tive as mães gostavam de mim portanto estava tudo bem e andava eu feliz da vida...até virem aqueles ditados "se te dás bem com a tua sogra é porque ainda não é com esse rapaz que ficas".

Então tive de arranjar um homem com uma mãe mais difícil...Não é que a minha sogra não goste mesmo de mim, mas entramos muito em choque! Até agora nenhum directo graças a deus se não era outra guerra mundial!

O que eu tiro dos comportamentos dela é que é agarrada demais ao filho, tem de estar sempre tudo sobre o controlo dela e tem de ser tudo como a sra quer! Que nervos que isso me dá! Já tive grandes problemas com o meu homem graças a ela mas tudo passou...se bem que ainda aí vem a guerra maior...o casamento! Aposto que vai querer por o bedelho em tudo e vai querer algumas coisas à maneira dela, obviamente que isso não irá acontecer!  Tirando estes pequenos atritos somos uns amores juntas.

Quando as minhas amigas me vêm falar das suas sogras também complicadas eu só lhes digo "é só sorrir e acenar!" elas vão se enrolar sozinhas e o filho cai aos vossos pés 

 

 

26
Abr16

Modo: Quero a minha mãe!

Jessy

Hoje estou naqueles dias sensíveis! Na realidade estou desde ontem...Ontem a minha mãe fez anos, ela é tudo o que tenho na minha vida e ela sim é uma verdadeira guerreira!

Então ontem dei por mim a relembrar tudo o que passámos e bateu me uma saudade de ser dependente dela, daquele aconchego antes de deitar, daquele deixa-me pentear-te, daquele vai tomar banho já! Infelizmente agora só a vejo aos fins de semana e basicamente só ao domingo (ela tem trabalhado aos sábados). Sinto imensa falta de estar com ela.

Visto que fazia anos almocei com ela, fomos dar uma volta e inevitavelmente tive de ir embora (tinha de trabalhar), custou-me horrores deixa la! No carro chorei baba e ranho, o meu homem já nem sabia que havia de fazer...Hoje continuo assim...só me apetece chorar e ir para o colo da mulher da minha vida